sexta-feira, 24 de setembro de 2010

PLANO DE ENSINO DA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSO



CAMPOS CONCEITUAIS

Relações Sócio-Culturais
 -          Classes Sociais
-          Papéis Sociais
-          Conflitos Sociais
-          Relações de Produção
-          Relações de Poder
-          Trabalho
  
Tempo

-          Cronológico
-          Histórico
-          Diferentes Temporalidades
  
Espaço

-          Político
-          Geográfico
-          Cultural
-          Religioso
-          Econômico
-          Educacional

Relações com a Natureza

-          Caracterização do meio biótico e abiótico
-          Domínio sobre a natureza
-          Exploração destrutiva da natureza
-          Desenvolvimento Sustentável
-          Impactos Ambientais
  

CONCEITOS ESSENCIAIS DO ENSINO RELIGIOSO


Ser humano

Conhecimento revelado

Conhecimento elaborado

Diversidades das práticas

Caminhos de reitegração.


TEMAS MULTIDISCIPLINARES:

Educação sexual

Educação e tecnologia

Educação ambiental

Educação indígena  e africana

Estatuto da Criança e do Adolescente

Educação e trabalho

Drogas

Código Nacional de Trânsito

Pluralidade cultural

OBJETIVO GERAL  DO ENSINO RELIGIOSO ESCOLAR


Proporcionar ao educando o conhecimento dos elementos que compõe o fenômeno religioso, a partir de sua própria experiência, considerando:

a)      a importância e dimensão da liberdade religiosa com a busca de respostas ao questionamento existencial;

b)      analisar o papel das Tradições Religiosas na estruturação e manutenção das diferentes culturas e suas manifestações socioculturais e econômicas;
 
c)      facilitar a compreensão do significado das afirmações e verdades de fé das Tradições Religiosas;

d)     refletir o sentido da atitude moral, como consequência da vivência do fenômeno religioso e expressão da consciência e da resposta pessoal e comunitária do ser humano;
 
e)      possibilitar esclarecimentos sobre o direito à diferença na construção de estruturas religiosas.
 
 
DESENVOLVIMENTO METODOLÓGICO DO ENSINO RELIGIOSO


            A metodologia deve ser um caminho que se busca alcançar os objetivos propostos. deve ser um processo ordenado de interação do pensamento, da ação e da reação.

            Como nas demais disciplinas, é necessário pensar a operacionalização do trabalho docente. Ensino Religioso como área do conhecimento apóia-se na: Observação-Reflexão-informação, utilizando instrumentos que auxilie nessa articulação afim de  desenvolver habilidades e competências cognitivas factuais , procedimentais e atitudinais onde o educador e educando possam sentir-se parte do processo de ensino e aprendizagem.

O Plano de Ensino será organizado Da seguinte  forma:
OBJETIVO
CONCEITO/CONTEÚDOS
PROBLEMATIZAÇÃO
AÇÃO E OPERAÇÃO
AVALIAÇÃO PROCESSUAL

 5a SÉRIE/ANO

OBJETIVO GERAL DA SÉRIE: Perceber e aprofundar a relação com o sagrado, com  o outro e consigo mesmo, desenvolvendo atitudes de respeito, justiça e participação no meio em que vive.

OBJETIVO 1º BIMESTRE: Compreender o que é ER e sua importância como área do conhecimento na formação humana.

CONCEITOS:
Ser Humano - Caminhos de Reintegração - Diversidade das Práticas

PROBLEMATIZAÇÃO:
Ensino Religioso Escolar é o mesmo que catequese ou religião?

CONTEÚDOS:
Ensino Religioso o que é?
Objetivo e Formas de avaliação do ER;
O que é Religião e o que é religiosidade;
A liberdade religiosa;
Que caminhos seguir?
Nossa concepção do transcendente;
 Podemos conhecer a Deus;
Deus imanente e transcendente;

AÇÕES E OPERAÇÕES:
  • Acolhimento
  • Apresentação da professora e dos educandos
  • Dinâmica do caminho : imaginar um caminho e fazer analogia com a nossa vida
  • Debate sobre o objetivo do Ensino religioso na escola
  • Contrato didático construído com os educandos sobre o respeito às diferenças e as formas de avaliação.
  • Tarefa de conversar e mostrar para os pais o objetivo do Ensino Religioso
  • Estudo de texto impresso: O que é Religião
  • Diálogo e questionamentos
  • Mensagens e histórias da literatura infantil, lidas no início  de cada aula para reforçar valores
  • Recitação e apresentação do poema  de Rubem Alves feito pela professora
  • Ilustrar texto de Rubem Alves e memorizar : Deus: nome dos nossos desejos
  • A turma receberá a cada aula  a professora de pé para juntos recitarmos o poema memorizado
  • Construir alfabeto da transcendência
  • Problematizar cada assunto ou situações ocorridas em sala  e no dia a dia relacionada com o objetivo do bimestre
  • Sempre que necessário abordar assuntos relacionados com o dia a dia da escola e da criança
  • Pesquisa com os pais.

AVALIAÇÕES:
Respeito à fala dos colegas e da professora
Participação nos debates e construção do contrato didático
Pesquisa com os pais
Construção do alfabeto da transcendência e apresentação à turma
Ilustração do poema do Rubem Alves
Tentativa de memorização ( mesmo que não conseguir)
 
OBJETIVO DO 2º BIMESTRE: Refletir e analisar nossas diferenças para podermos conviver com respeito e harmonia.

CONCEITOS:
Ser Humano -  Diversidade das Práticas

CONTEÚDOS:
Somos diferentes;
Quem é o outro ( amizade);
Ajudando-nos uns aos outros;
Construindo a cultura da paz
A paz nas Tradições religiosas

PROBLEMATIZAÇÃO:
È possível ser igual mas diferente?

AÇÕES E OPERAÇÕES:
  • Ouvir o poema Ciranda da Bailarina e debater sobre nossas diferenças e semelhanças
  • Responder oralmente ao questionamento: Quem é a bailarina que o texto se refere?
  • Ouvir e cantar e dançar músicas e cantos que falam sobre amizade e paz
  • Dramatizar cenas de ajuda ao próximo
  • Leitura  do Livro Sagrado dos Cristão a Bíblia – livro do Eclesiastes sobre amizade
  • Produzir poemas sobre amizade e fazer um varal para expor na escola
  • Fazer junto a turma um projeto para escola sobre a paz
  • Trabalhar em grupos:
  •  Frases coladas em  balas sobre a paz e distribuída no primário
  • Explanação em uma turma do ensino médio  sobre a importância da paz hoje
  • Distribuição de cartazes sobre a boa convivência na escola
  • Balões com sugestões dentro de como viver em paz ( deve-se estourar, ler e ganhar um pirulito)
  • Colher respostas de alunos, professores, direção, serviços gerais e pais sobre o que é a paz para ela?   Fazer um livro com ilustrações e colagens sobre as respostas obtidas
  • Apresentar em forma de teatro um texto escolhido pela equipe que fale significadamente sobre a boa convivência
  • Convidar alguém da comunidade para cantar e tocar algum instrumento junto com a turma

AVALIAÇÕES
Envolvimento e respeito nos debates e questionamentos ( fala do colega e da professora)
Organização nos ensaios para tramatização
Apresentação e apreciação das tramatizações
Produção dos poemas sobre amizade
Auto avaliação feita por cada grupo,  sobre a execução do projeto Paz na Escola


OBJETIVO DO 3º BIMESTRE: Analisar o que é sagrado e simbólico para cada indivíduo e facilitar a compreensão do fenômeno religioso.

CONCEITOS:
Diversidade das práticas – Conhecimento Revelado

CONTEÚDOS:
O sagrado na natureza;
O sagrado em meu coração;
Símbolo e vida;
Símbolos religiosos

PROBLEMATIZAÇÃO:
O que é símbolo? O que sagrado?


AÇÕES E OPERAÇÕES:
  • Problematizar: O que é sagrado para você?
  • Por que as tradições indígenas e africana veneram a natureza?
  • Combinar antecipadamente para irmos a um jardim  fazermos a contemplação da natureza. Levar para o jardim uma toalha de banho para deitarmos e fazermos um relaxamento Trazer algo do jardim sem danificar a natureza algo para  colar e fazer um painel.
  • Título: O Sagrado na Natureza
  • (deverá conter no painel palavras de gratidão).
  • Enquanto se confecciona o painel, ouve-se músicas somente com sons da natureza
  • Fazer uma caminha pelo bairro da escola e identificar alguns símbolos ( para que servem)
  • Trazer e apresentar à turma um símbolo de sua tradição religiosa ( perguntar junto aos pais qual o significado deste símbolo)
  • Conhecer através de apresentação em data shwou  alguns símbolos religiosos e seus significados
  • Desenhar os símbolos conhecidos e expor de forma bem artística ( trabalhar junto a disciplina de arte)
  • Pesquisar junto à comunidade pessoas que são símbolo de vida ( seu exemplo na comunidade a torna uma pessoa admirável)
  • Pesquisar na internet da escola sobre: Jesus Cristo, Buda, Maomé, Madre Tereza de Calcutá, Chico Xavier e responder: Por que estar pessoas são consideradas símbolos de vida?

AVALIAÇÕES:
Produção do painel
Colaboração e respeito na contemplação da natureza
Confecção do painel
Apresentação de seu símbolo religioso e seu significado segundo seus pais
Pesquisas



OBJETIVO DO 4º BIMESTRE: Favorecer a compreensão de que, nossas formas de comunicação com o transcendente podem ser diversas, no entanto nos levam à  responsabilidade para com o outro e consigo mesmo. 

CONCEITOS:
Diversidades das práticas – Ser Humano

CONTEÚDOS:
As várias formas de oração;
Textos sagrados;
A fé nas tradições religiosas;
Nossos desejos;
Responsável pelos outros;
O mundo que temos e o mundo que queremos;

PROBLEMATIZAÇÃO:
Rezo, faço oração ou reflito?

AÇÕES E OPERAÇÕES:
  • Leitura e debate sobre as formas de oração
  • Fazer orações proferidas nas tradições religiosas dos alunos da sala
  • Pesquisar na internet da escola junto a professora algumas orações mais proferidas por algumas tradições religiosas
  • Elaborar um texto sobre o tema: Ser Humano
  • Cada aluno deverá comparar o seu texto com o do colega ao lado e fazer um paralelo, sobre as diferenças e semelhanças.
  • Convidar alguns lideres religiosos das tradições religiosas da cidade  para palestrar na sala sobre: Qual a mensagem principal do texto sagrado da sua religião?
  • Como o texto sagrado de sua religião aborda: A realidade humana, realidade material, realidade espiritual.
  • Como a fé é ensinada, é despertada para alguém que não a conhece.
  • Saída de campo para conhecer uma tradição religiosa de algum aluno de sala ( agendar com antecedência e pedir autorização aos pais)
  • Dinâmica da viagem
  • Levantamento dos desejos da turma
  • Fazer uma campanha de ajuda para alguma família com necessidade durante o mês
  • Fazer paralelo do mundo que temos ( ver Filme Ilha das Flores) e do mundo que queremos
  • Assumir um compromisso de melhorar o mundo
  • Cada  aluno escolhe algo que poderá cumprir para melhorar o mundo em sua volta.

AVALIAÇÕES:
Pesquisa sobre orações
Entrevista
Respeito e atenção a fala dos colegas, da professora e pessoas que possivelmente farão as palestras .



6a SÉRIE/ANO

OBJETIVO GERAL DA SÉRIE: Entender que através dos tempos é que se constrói a religiosidade, se dá sustentação  e possibilita a transformação histórica da humanidade.

OBJETIVO DO 1º BIMESTRE: Resgatar as memórias históricas da  identidade de cada educando.

CONCEITOS:
Conhecimento-Ser Humano – Diversidade das Práticas

CONTEÚDOS:
Somos seres históricos
Nossa identidade;
Ritos de passagem.

PROBLEMATIZAÇÃO:
Quem sou? De onde vim?


AÇÕES E OPERAÇÕES:
  • Acolhimento pelo ano letivo mensagem : Este ano será um sucesso se...
  • Registro do objetivo da série e formas de avaliação
  • Dinâmica: caça ao tesouro
  • Discussão sobre o objetivo da dinâmica e os itens realizados
  • Fazer um mural na sala com o título: Eu sou assim
  • Texto impresso: Somos Seres históricos
  • Ler o texto individualmente  – sublinhar palavras desconhecidas- enunciar as palavras e anotar no quadro
  • A professora faz uma nova leitura em voz alta e vamos discutindo o significado das palavras no texto
  • Debate sobre a gestação de cada um. Quem conhece sua história, se foi uma criança saudável ou doente se não conhece por quê?
  • Atividade do DNA genético
  • Apresentação em lâmina sobre os tipos de identidade
  • Texto de Pedro Bandeira: Identidade
  • Problematizações : O que é Rito? Rito de Passagem?
  • Diferenciar adolescência de puberdade
  • Visualizar no data shwo um ritual indígena de passagem
  • Um ritual cristão de batismo
  • Um ritual de casamento
  • Um ritual fúnebre
  • Ouvir o poema de Paulo Leminski: Contra Narciso
  • Produzir baseado no poema Contra Narciso um poema que fale de você
  • Fazer móbiles na sala dos poemas
  • Escrever uma carta a um adolescente de outra escola contando sobre seus sonhos e medos na fase em que está vivendo e pedir que mande resposta ( mediação entre professoras de ER )

AVALIAÇÃO:
Responsabilidade  e envolvimento em fazer as atividades propostas
Produção do poema
Confecção do DNA genético
Produção da carta ( organização, cumprimento do tempo previsto de elaboração)

OBJETIVOS DO 2º BIMESTRE: Possibilitar a compreensão das manifestações culturais  através  da máscara,dança, festas,  mitos e arquétipos religiosos.

CONCEITOS : Diversidade das práticas – Conhecimento elaborado

CONTEÚDOS:
As formas de manifestações culturais e religiosas ( dança, máscaras, festas);
Mitologia
Arquétipos religiosos ( água, fogo, terra, sangue).

PROBLEMATIZAÇÃO:
Manifestação cultural o que é?
O que é arquétipo?

AÇÕES E OPERAÇÕES:
  • Combinar com os alunos que na próxima aula todos deveremos usar uma máscara sem cor sem forma e sem boca.
  • A professora providenciará as máscaras que serão todas iguais
  • Usar a máscara durante a aula e se algum colega tirar a máscara todos os outros devem dizer:
  • - Não! Assim não te queremos.
  • Refletir e Debater :
  • Como você se sentiu ao usar uma máscara durante um tempo?
  • É bom ou ruim não poder mostrar como somos?
  • Usar uma máscara incomoda?
  • O que você sentiu ao ver todos iguais, com o mesmo rosto?
  • Quem tentou tirar a máscara?
  • O que sentiu quando os colegas não o aceitaram? (se aconteceu)
  • Passar no data show os tipos e funções das máscaras em rituais religiosos e festivos.
  • Ler, debater e despertar a curiosidade sobre a dança como a cadencia dos deuses
  • Dançar com movimentos imitando animais
  • Dançar com movimentos lentos e corporais, ouvindo músicas, clássica, africana, indígena.
  • Motivar para um trabalho em grupo para apresentar aos pais
  • Passos para o trabalho em grupo:
  • eleger junto a turma temas para serem trabalhados
  • formar os grupos de cinco pessoas
  • negociar ou sortear um tema para cada grupo
  • cada grupo deverá fazer uma introdução ao tema em forma de poema
  • deverá escolher uma música relacionada ao tema
  • criar uma coreografia
  • confeccionar máscaras iguais para o grupo de acordo com o tema
  • ensaiar
  • trazer tudo pronto para a apresentação para a turma
  • auto avaliar-se quanto a participação no grupo
  • avaliar os demais grupos em todas as etapas
  • marcar apresentação para os pais com convite em forma de máscaras
  • noite cultural para os pais, combinado com a direção
  • Contar os mitos de criação de algumas tradições religiosas
  • Desenhar e fazer painel  sobre alguns mitos para expor na escola
  • Problematizar para aula seguinte: O que é um arquétipo? Os alunos deverão pesquisar e trazer a resposta
  • Debater e ler o texto sobre os arquétipos
  • Discutir curiosidades
  • Dinâmica da água com perguntas sobre o texto estudado

 AVALIAÇÕES:
Envolvimento durante as aulas
Organização e responsabilidade nos trabalho em grupo
Produção do painel sobre os mitos
Auto avaliação
Avaliação do grupo para os grupos

 OBJETIVO DO 3º BIMESTRE: Identificar exemplos de lideranças entre as pessoas e perceber que os líderes religiosos descobriram um sentido diferente para suas vidas.

CONCEITOS:
Conhecimento Revelado – Diversidade das Práticas – Conhecimento Elaborado

CONTEÚDOS:
A liberdade religiosa
Máximas religiosas –Ensinar ou punir
Estatuto da Criança e do Adolescente - ECA
Os líderes religiosos
Experiência Religiosa e Mudança de Atitude

PROBLEMATIZAÇÃO:
Podemos viver sem normas?

AÇÕES E OPERAÇÕES:
  • Pedir antecipadamente que os educandos façam um levantamento das tradições religiosas existentes em nosso município, começando pelo seu bairro.
  • Trabalhar com o mapa-múndi para identificar as religiões predominantes em cada continente.
  • Fazer cartazes e legendas( símbolos , cores diferentes) expor nos corredores da escola.
  • Ouvir a música “Liberdade, Liberdade/ O amanhã”, cantada por Simone
  • Responder os questionamentos:
  • -quando você se sente livre?
  • -tomar uma decisão é tarefa simples?
  • Exercitar o poder de decisão:
  • Num passe de mágica decida 10 coisas que gostaria de mudar na escola e na família.
  • Problematizar: podemos viver sem regras , leis normas?
  • Slide sobre o ECA
  • Levantamento junto aos educandos quais as regra, normas de sua família.
  • Quais as normas de sua escola?
  • Quais as normas de sua tradição religiosa?
  • Registrar no caderno .
  • Leitura e debate sobre as máximas religiosas
  • Pesquisa na internet sobre os direitos humanos
  • Convidar alguém do conselho tutelar para falar sobre os direitos da criança e do adolescente.
  • Convidar alguns líderes religiosos da comunidade para contar como se tornaram pessoas dedicadas a comunidade.
  • Pesquisar a biografia de Jesus, Maomé, Buda, Confúcio, Allan Cardek, Moisés,Dalai Lama, Madre Teresa de Calcutá , João Paulo II  e fazer paralelo.
  • - Onde viveu;
  • - Em que acreditava;
  • - Que exemplo deixou;
  • - Quais seriam seus ensinamentos.
  • Este trabalho de pesquisa será em  grupo de três e  deverá  ser apresentado em power pait 
  • ( sempre será dado com antecedência a bibliografia ou site recomendado).

AVALIAÇÕES:
Levantamento sobre as tradições religiosas existente no bairro e na cidade;
Produção dos cartazes com legenda sobre as religiões nos continentes.
Exercício de decisão
Pesquisa e apresentação sobre os líderes religiosos


OBJETIVO DO 4º BIMESTRE: Perceber que o Brasil possui uma diversidade religiosa imensa que precisa ser conhecida para ser respeitada.
Compreender que não basta ser religioso, é preciso agir segundo a justiça.

CONCEITOS:
Diversidade das Práticas – Ser Humano

CONTEÚDOS:
A questão religiosa no Brasil;
A questão religiosa em  Otacílio Costa;
Viver bem é continuar vivendo
Compromisso social nas tradições religiosa;
Agir segundo a justiça.

PROBLEMATIZAÇÃO:
Como podemos melhorar o mundo em nossa volta?

AÇÕES E OPERAÇÕES:
  • Problematização: a cada dia que passa, ao ouvirmos o noticiário da tv ou rádio, ou ao abrirmos os jornais, encontramos algumas notícias duras, que nos mostram comportamentos humanos um pouco diferentes daqueles ensinados pela família , escola e religião. Então por quê existe  tanta violência no mundo?
  • Trazer jornal para selecionar notícias que promovam a vida e notícias que destroem a vida.
  • Trocar idéias e fazer um mural com os recortes. Fazer frases e distribuir pela escola “Respeitar é...”, “ Amar é ...”, “Viver bem é...”.
  • Solicitar aos educandos que façam uma pesquisa no seu livro sagrado de sua tradição religiosa, textos que contemplem o viver bem, ou que definam o que vem a ser viver bem.
  • Texto a diversidade religiosa no Brasil: ler e debater.
  • Saída a Campo: Agendar  com antecedência.  Pastor da Igreja Nazareno – Pastor da Assembléia de Deus- Padre da igreja Católica Pastor da Universal do Reino de Deus- Pastro da igreja Quadrangular – Testemunhas de Jeová , Espíritas e outros.
  • Estudar a questão religiosa em Otacílio Costa através de pesquisas e entrevistas, descobrir quais os compromissos sociais que as tradições religiosas de Otacílo Costa assumem junto aos seus fieis? E como é o diálogo com as demais tradições religiosas?
  • Fazer divulgação das entrevistas e pesquisas na rádio local . Agendar horário e um ou dois educandos farão a notícia.
  • Combinar para trazermos letras de músicas que nos apresentam uma visão otimista, mostrando que a vida ainda é bonita. Esse trabalho será realizado dois a dois  e deverão tocar a música CD ou tocar e cantar e dizer do que fala a letra.
  • Produzir em dupla uma notícia baseados em gravuras onde expressam atitudes solidárias.
  • Apresentar o noticiário para turma ( providenciar microfone)

AVALIAÇÕES:
Organização , produção e distribuição das frases e mural pela escola.
Pesquisa no livro sagrado
Respeito á diversidade de idéias durante as entrevistas e visitas de campo.
Apresentação das letras de músicas que apresentam uma visão otimista de mundo.
Produção da notícia e apresentação



7a  SÉRIE/ANO

OBJETIVO GERAL DA SÉRIE: Buscar interação com o meio através das expressões religiosas, como indivíduo em processo de construção de si e de uma sociedade pautada em valores de liberdade, solidariedade e religiosidade.

OBJETIVO DO 1º BIMESTRE: Favorecer a compreensão de como se forma uma comunidade, seus objetivos, suas práticas e crenças.

CONCEITOS: SER Humano – Diversidade das Práticas

CONTEÚDOS:
Mensagem de acolhimento do ano letivo
Objetivo da série
Viver juntos o sentido da vida
Cultura e religião: qual seu envolvimento;
Vida: Um valor nas tradições religiosas.

PROBLEMATIZAÇÃO:
É possível vivermos sozinhos?

AÇÕES E OPERAÇÕES:
  • Mensagem de acolhimento : As três perguntas.
  • Quem der a resposta mais semelhante ao texto ganha uma bala.
  • Dinâmica das três árvores e da árvore dos amigos: Os educandos devem desenhar quatro árvores, sendo que uma deve ficar maior que as outras. Devem fazer em separado umas 12 folhas, recortar e reservar. Devem dar a árvore maior o título: Árvore dos amigos e para as menores o título: O sonho das três árvores ( escrever no tronco de cada árvore se fosse uma árvore qual seria seu sonho).
  • Ler os textos e ir completando a dinâmica, fazendo reflexão e problematizando.
  • Registrar no caderno o texto: Viver juntos o sentido da vida.
  • Debater o texto .
  • Em dupla , um entrevista o outro:
  • -Qual seu objetivo na vida?
  • -Você participa de algum grupo religioso?
  • -Qual o objetivo de sua tradição religiosa?
  • - Qual o objetivo de sua família pra com você?
  • Fazer um acróstico com a palavra COMUNIDADE utilizando somente o texto estudado.
  • Ler e debater sobre o conceito:  Cultura e Religião.
  • Pesquisar cenas de novelas,  poemas , músicas, arte ou objetos que representem valores. culturais e religiosos.
  • Descrever a cena, trazer poema, música e  obra de arte ou objeto para juntos debater e faze exposição na escola.
  • Pedir para a 7ª da manhã, apresentar seu trabalho para a 7ª da tarde e vice versa.
  • Pedir para trazer uma meia fina e alpiste para confeccionar uma cabeça onde nascerá os cabelos. A idéia é trabalhar o desenvolvimento da vida, seus cuidados, visando chegar à idéia de que é necessário dar atenção a ela e cultivá-la..
  • Refletir sobre a relação entre as tradições religiosas e a defesa da vida.
  • Textos para estudo e debate : A vida é frágil  e Qualidade de vida.
  • Ver no data shwo o e-mail : imagens que chocam.
  • Convidar alguém da pastoral da criança realizado pela igreja Católica para falar do trabalho realizado junto as crianças de nosso município.
  • Convidar o pastor da igreja Universal do Reino de Deus para falar do projeto Fazenda Canaã.
  • Pesquisar na internet a vida ,seus estudos, projetos e ideais de Herbert de Souza, mais conhecido como Betinho.
  • Fazer uma lista do que, em nossa sociedade, atrapalha a qualidade de vida das pessoas. Ao lado, baseando-se nos ensinamentos de sua tradição religiosa sugira soluções para estas questões.
 AVALIAÇÕES:
Produção da arre dos amigos e o sonho das três árvores;
Produção do acróstico;
Pesquisa e apresentação;
Confecção da cabeça viva;


8a SÉRIE/ANO

OBJETIVO GERAL DA SÉRIE: Conhecer as tradições religiosas como orientadoras das crenças, normas e atitudes éticas dos fiéis.

OBJETIVO DO 1º BIMESTRE: Facilitar o conhecimento sobre a etimologia, o sentido da palavra religião e sua classificação,função e elementos constitutivos.

CONCEITOS: Conhecimento Elaborado – Diversidade das Práticas

CONTEÚDOS:
O sentido da palavra religião;
Funções elementares da religião;
Classificação das religiões;
Elementos constitutivos da religião;
Religião e religiosidade;
A percepção da transcendência;

PROBLEMATIZAÇÃO:
Qual a diferença entre religião e religiosidade?

AÇÕES E OPERAÇÕES:
  • Mensagem de boas vindas  ao ano letivo de 2008: Lápis e Borracha na mão
  • Objetivo da série: registrado no caderno
  • Formas de avaliação negociada com os educandos
  • Dinâmica da colcha de retalhos : Fazer um debate e confeccionar uma colcha para fazer um painel ( Texto de Inês Boshuis)
  • Texto para estudo: Classificações das religiões e Funções elementares da religião
  • Problematização para aula seguinte: a religião sempre existiu?
  • Pesquisa do significado da palavra TRADIÇÃO e RELIGIÂO ( pedida com antecedência ao estudo dos textos)
  • -Sublinhar as palavras que são desconhecidas
  • -Listar as palavras no quadro
  • -Quem souber o significado das palavra listadas ajudará a professora na elucidação das dúvidas
  • Produzir dois a dois uma teia semânticas baseado nos textos estudados ( Bem colorida, cada palavra de uma cor para diferencias as ligações)
  • A dupla  que produzir de forma mais organizada, com maior número de palavras relacionada aos textos e apresentar a classe  receberá uma caixa de bis.
  • Pesquisa de nomes das pessoas da família que possuem sentido religioso, nome dos bairros ou ruas da cidade quem tem nome religioso.
  • Cada educando deverá escolher um desses nomes e pesquisar sua biografia e apresentar à turma em power paint no data shwou
  • Debate de diferença entre religião e religiosidade
  • Fazer paralelo da religiosidade de seus avós, pais e sua.
  • Construir um quadro comparativo
  • AVÓS – PAIS – VOCÊ :
  • -Quem é Deus? –
  • -Como você se comunica com ele e com que freqüência?
  • - Participar da sua comunidade de fé ( igreja ) é importante por quê?
  • Pedir antecipadamente aos educandos que tragam músicas, poemas, mensagens em power paint para ver ouvir e analisar como Deus é apresentado hoje.
  • Música para refletir: O vento ( Grupo Tradição), Deus é muito mais ( P. Zezinho) , Um de nós
  • Produção de um poema coletivo com o Título Deus é... – Publicar no jornal Correio Lageano.
  • Pesquisar os nomes dados à Deus pelas  tradições religiosas ao longo dos tempos.


AVALIAÇÕES:

Produção da colcha de retalhos ( será dado uma aula para execução, organização)
Destaque das palavra que são desconhecidas no texto ( envolvimento na elucidação das dúvidas)
 Produção da teia semântica
Pesquisa e apresentação  dos nomes dados a nomes de bairros ruas e pessoas com sentido religioso
Trabalho de pesquisa e apresentação em grupos : músicas, poemas e nomes dados a Deus nas diversas tradições religiosas.

 OBJETIVO DO 2º BIMESTRE: Possibilitar uma reflexão sobre a importância de uma retomada na busca do relacionamento com o transcendente.

CONCEITOS: Conhecimneto  Elaborado – Caminhos de Reintegração

CONTEÚDOS:
Família: educando na religião;
Crescendo assumindo compromissos;
Ritos de passagem ( adolescência)

PROBLEMATIZAÇÃO:
Adolescente ou aborrecente?
 O que é ato infracional ou indisciplina?

AÇÕES E OPERAÇÕES:
  • Iniciar a discussão apresentando os diversos modelos de família
  • Construir junto aos educandos o DNA Herança Genética, para aprofundar o conceito de tradição e valores religiosos. Perceber suas semelhanças diante as  características herdadas.
  • Dramatizar: uma família que dialoga, uma que é autoritária, a despreocupada, a tradicional e a moderna.
  • Passar no data show a mensagem Pais Maus, A Vida Transfere, e-mail que Choca
  • Ouvir a música família do grupo Titãs e refletir sobre a letra que retrata os costumes das famílias.
  • Qual o modelo de família mais indicado hoje?
  • Ler e debater o papel da família nas tradições religiosas
  • Montar em sala um mural com fotos das famílias dos educandos
  • Desafiar os educandos para juntos assumirmos algum compromisso. Será listado no quadro sugestões de compromissos exemplo: com a escola , com a comunidade, com a família.
  • Definir o conceito de adolescência e puberdade
  • Texto para estudo sobre rito de passagem para adolescência em algumas tradições religiosas.
  • Confeccionar um álbum de adolescente e trabalhar todas as etapas desde o significado de seu nome, quem escolheu...
  • Fazer uma devolução dos trabalhos para as famílias

AVALIAÇÕES:
 Produção do DNA herança genética e apresentação
Trabalho em grupo: tramatização
Envolvimento nos debates e respeito a fala dos colegas e explanação da professora
Produção do mural
Produção do álbum de adolescente com criatividade.

 OBJETIVO DO 3º BIMESTRE: Compreender que cada tradição religiosa possui suas características, gestos e palavras que dão sentido as suas práticas e as respostas à vida além da morte.

CONCEITOS: Conhecimento Elaborado – Conhecimento Revelado – Caminhos de Reintegração.

CONTEÚDOS:
Algumas características das religiões;
Lugares sagrados;
Gesto e palavra;
A vida após a vida;
Vida e morte nas tradições religiosas

PROBLEMATIZAÇÃO:
Qual o gesto que identifica sua tradição religiosa?

AÇÕES E OPERAÇÕES:
  • Registrar no caderno o texto: características das religiões
  • Ler e debater as características
  • Pesquisar na internet ou em revistas imagens dos lugares considerados sagrados para as religiões e por quê?
  • Encenar alguns  temas somente com gestos
  • Identificar juntos aos educandos quais os gestos mais usados nas celebrações religiosas
  • Quais as palavras proferidas durante as cerimônias religiosas e qual sua importância para os fiéis.
  • Pedir para que os educandos pesquisem o que é um EPITÁFIO?
  • Ouvir a música Epitáfio dos Titãs
  • Distribuir textos em grupos sobre os rituais fúnebres de algumas tradições religiosas  e fazer apresentação.
  • Texto como as religiões explicam a vida após morte
  • Saída a campo pra pesquisar no cemitério municipal alguns epitáfios e o número de jovens mortos.
  • Socialização da pesquisa em classe  e se possível apresentar para um grupo de outra escola publicar no jornal Correio Lageano.
  • Combinar com a professora de ensino religioso de outra escola.

AVALIAÇÕES:
Resultado da pesquisa sobre os lugares sagrados
Apresentação dos rituais fúnebres
Envolvimento, organização e respeito na saída de campo
Socialização da pesquisa de campo será feita oralmente

 OBJETIVO DO 4º BIMESTRE: Conhecer como se organizam as religiões ocidentais e orientais. Perceber suas diferenças e seus valores.

CONCEITOS: Conhecimento Elaborado- Conhecimento Revelado – Diversidade das Práticas.

CONTEÚDOS:
Hinduísmo;
Budismo;
Cristianismo;
Islamismo;
Espiritismo;
Confucinismo;
Xintoísmo.

PROBLEMATIZAÇÃO:
Posso respeitar o que não conheço?
Qual a diferença entre respeito e reverência?

AÇÕES E OPERAÇÕES:
  • Apresentação do texto em lâmina: Religiões ocidentais e orientais
  • Pesquisa trabalhada em duplas na  e na internet da escola sobre ou em livros trazidos pela professora:
  • Origem, fundador, festas, máximas, rituais, Deus, símbolo, lugar sagrado e livro sagrado das religiões
  • Apresentação da pesquisa em power paint ou em álbum seriado.


AVALIAÇÕES:
Organização durante as pesquisas;
Apresentação da pesquisa;
Apreciação das pesquisas dos colegas.
Apresentação da lista do que atrapalha  a qualidade de vida e a solução segundo sua tradição religiosa.

OBJETIVO DO 2º BIMESTRE: Compreender e analisar os ritos presentes na vida, seus valores, seus ensinamentos, suas semelhanças e diferenças para tradição religiosa.

CONCEITOS: Conhecimento Elaborado – Diversidade das Práticas – Ser Humano

CONTEÚDOS:
Os ritos presentes na vida..
Nossa escala de valores
Gostar de si mesmo é legal
Alegria de conviver.

PROBLEMATIZAÇÃO:
O que é rito?
AÇÕES E OPERAÇÕES:
  • Problematizar: O que é rito? Para que serve? Você já participou de algum?
  • Conversar sobre o ritual que fazemos todos os dias.
  • Ler e discutir os rituais religiosos.
  • Encenar alguns rituais religiosos:
  • - Batismo
  • - Casamento
  • - Morte
  • - Meditação
  • - Benzedura
  • - Confissão
  • - Advinhação
  • Promover um correio eletrônico com educandos de escolas de outras tradições religiosas e trocar informações sobre a importância dos ritos religiosos para os jovens.
  • Confeccionar um auto retrato:
  • Cabeça- duas idéias força que te motivam na vida
  • Boca – duas expressões ditas por você das quais você se arrependeu.
  • Olhos – duas cenas vistas por você que mais te impressionaram.
  • Coração – dois sentimentos fortes que alimenta aqui e agora.
  • Mãos – duas ações inesquecíveis realizadas por você.
  • Pés – dos objetivos que você deseja alcançar na vida.
  • Em plenário, cada educando apresta os valores percebidos na partilha dos membros.
  • Pedir com antecedência que tragam propagandas de alguns produtos que possuem valor.
  • Pedir que fação uma escala de 1 a 10 e por ordem de valor escreverem o que mais tem valor para eles.
  • Comparar com as propagandas se possuem os mesmos valores.
  • Fazer um folheto para distribuir na praça local  fazendo propaganda dos produtos de suas escalas de valores ( pedir patrocínio para a confecção dos folhetos) .
  • Problematizar; Voce se magoa e se irrita quando alguém desvaloriza sua experiência e seu modo de pensar?
  • Confeccionar um óculos de papel e usar durante a aula.
  • Leitura do texto: A luneta distorcida
  • Atividade  em duplas: A dupla deverá citar alguma situação que alguém tenha sofrido de ridicularização ou desprezo.
  • Um preconceito que tinha, em relação a alguém, e depois descobiu que estava cometendo uma injustiça.
  • O que você gostaria de mudar em você?
  • O que mais gosta em você?
  • O que você gostaria que as pessoas gostassem em você?
  • Ler, refletir e trabalhar em grupos o texto: Homem: as viagens de Carlos Drummond de Andrade.
  • Apresentar o texto em forma : slid , colagem , tramatização, fantoche, cartaz destacando as palavras chaves, desenhos, explicação e modelagem.

AVALIAÇÃO:
Apresentação da encenação ( envolvimento e responsabilidade para com o grupo);
Confecção do auto retrato e apresentação.;
Produção da escala dos valores  e dos folhetos;
Confecção dos óculos de papel e seu uso em sala;
Atividade em dupla;
Auto avaliação quanto as atividades realizadas no bimestre.


OBJETIVO DO 3º BIMESTRE: Possibilitar o conhecimento das tradições religiosas indígenas, afro-basileira e cristã  do Brasil e sua implicação no inconsciente coletivo.

CONCEITOS: Diversidade das Práticas- Conhecimento Elaborado -Caminhos de Reitegração

CONTEÚDOS:
Tradição Indígena;
Sincretismo afro-brasileiro;
Cristianismo no Brasil;
Religiosidade da região serrana.

PROBLEMATIZAÇÃO:
Sincretismo o que é isso?

AÇÕES E OPERAÇÕES:
  • Leitura e debate sobre o texto: O Mundo Religioso dos indígenas
  • Leitura do mitos indígenas:  A terra sem males e O Kuarup
  • Apresentar a mensagem em data show : A tua canção
  • Os educandos deverão apresentar em forma de fantoches um mito indígena ( produzir fantoches com o rolinho de papel higiênico)
  • Pedir antecipadamente que os educandos tragam o conceito de sincretismo para próxima aula.
  • Desmistificar preconceitos sobre Umbanda  e Candomblé;
  • Dinâmica do texto da Pipoca de Rubem Alves – ( alimento usado nos terreiros de candomblé)
  • Com antecedência providenciar os pacote de pipoca.
  • Refletir sobre a transformação que o milho passa para se tornar alimento.
  • Pesquisar  e visualizar na internet os principais orixás e sua funções.
  • Problematizar: Como surge e com quem surge o Cristianismo no Brasil?
  • Ver junto a turma quais as igrejas cristãs que os alunos fazem parte, em que se diferem e em que são semelhantes;
  • Convidar alguém das igrejas dos alunos para falar sobre a história de sua igreja.
  • Estudar sobre a formação da religiosidade serrana.( São João Maria, José Maria , messianismo) . Pedir auxílio ao professor de geografia e história.
  • Apresentar os estudos em seminários.

AVALIAÇÕES:
Pesquisa do conceito de sincretismo;
Confecção e apresentação dos mitos indígenas em forma de fantoches;
Resultado da pesquisa sobre os orixás;
Trabalho em dupla para estudo e apresentação sobre a religiosidade da região serrana.


OBJETIVO DO 4º BIMESTRE: Fazer paralelo entre alguns textos sagrados, pra perceber a dimensão humana e o sentido da vida além morte.

CONCEITOS: Conhecimento Revelado – Diversidade das Práticas – Ser Humano

CONTEÚDOS:
Textos sagrados;
Palavra, arma de amor;
Dimensão essencial da pessoa humana;
Como as religiões explicam a morte?

 PROBLEMATIZAÇÃO:
Existe vida na vida? Existe vida além morte?

AÇÕES E OPERAÇÕES:
  • Problematizar: O que é um texto? Como se produz um texto? Todos os textos são iguais? São escritos?
  • Nomear os textos sagrados conforme as tradições religiosas.
  • Diferenciar textos escritos de textos orais;
  • Trazer para a turma alguns textos sagrados: Bíblia evangélica e católica, Alcorão, Livro dos Espíritos, Evangelho segundo Allan Cardek e fragmentos de outros livros.
  • Dividir a turma em trios onde cada grupo fará um cartaz sobre um trecho dos livros sagrados estudados.
  • Passar o texto : Religiosidade: Dimensão da pessoa humana.
  • Ler,debater e propiciar aos educandos um momento de discusaão sobre o significado religioso e antropológico do Poema : Salvação
  • Fazer no caderno um quadro escrevendo três atividades que você pode realizar dentro das dimensões: Humano-afetiva , Intelectual e Espiritual;
  • Problematizar: Quando morremos o que acontece conosco? Existe vida após a morte?
  • Fazer levantamento junto a turma de quem já perdeu um ente querido?
  • O que sentiu e como a sua religião explica a morte.
  • Ouvir a música Epitáfio dos Titãs
  • Pesquisar como é feito os rituais fúnebres de algumas tradições religiosa e quais explicações são ensinadas aos seus fiéis sobre a morte.
  • Apresentar a pesquisa em power paint.

AVALIAÇÕES:

Avaliação descritiva sobre textos escritos e orais
Avaliação dos cartazes
Resultado das pesquisas sobre rituais fúnebres em power paint
Auto avaliação anual
Avaliação sobre as aulas de Em. Religioso e a didática da professora

 AVALIAÇÃO

            A avaliação do Ensino Religioso já é encaminhada no momento em que são estabelecidas as formas de atingir os objetivos. Pressupõe um caráter inclusivo onde o educando se aproxima ou não da experiência de aprendizagem. É processual e qualitativa tanto para o educando como para o educador e para  a escola, o que quer dizer que é a avaliação no processo e do processo ensino-apredizagem.

Instrumentos possíveis para efetivar a avaliação:

-          Observação sistemática (registro diário);
-          Análise das produções dos educandos;
-          Respeito e reverência pelas diferenças;
-          Responsabilidade nos trabalhos em grupos e individuais;
-          Caderno em dia e em ordem;
-          Avaliação escrita e
-          Auto avaliação.

CRONOLOGIA:
  
           A cada conceito abordado trabalharemos em média 2 aulas de 45 minutos. Sendo que se não for possível terminar o conteúdo e as atividades propostas podem-se prolongar até atingir ao objetivo determinado.


REFERÊNCIAS BIBLIOGÁFICAS


ALVES, Rubem . Conversa com quem gosta de ensinar. São Paulo: Cortez, 1991.

BOF, Leonardo. Vida para além morte. 7 ed., Petrópolis: Vozes, 1982.

CABRAL, J. Religiões, seitas e heresias. 7 ed., Rio de Janeiro: Editora Gráfica Universal Ltda. 1992.

CATÃO, Francisco. Convivência e Liberdade. 5a , 6a , 7a e 8a séries. São Paulo: Paulinas,1997.

CARNIATO, Maria Inês. A religião no Brasil. 2 ed., 4a séirie. São Paulo; Paulinas,1992.

________ . A religião no mundo. 2 ed., 5a série. São Paulo: Paulinas, 1992.

________ . Expressão do sagrado na humanidade. 2 ed., 7a série. São Paulo: Paulinas, 1993.

________ . A religiosidade no mundo atual. 2 ed., 8a série. São Paulo: Paulinas. 1993.

________ . Nossa opção religiosa. 2 ed. , 8a série. São Paulo: Paulinas, 1993.

DIÁLOGO, Revista de Ensino Religioso. São Paulo: Paulinas, 1998 á 2008.

FORUM NACINAL PERMANENTE DO ENSINO RELIGIOSO : Prarâmetros Curriculares Nacionais de Ensino Religioso. São Paulo: AM edições, 1997.

LOGEN,Mário Renato. Redescobrindo o universo religioso: v8.Petrópolis:Vozes,2001.

MORIN, Edgar. Os sete saberes necessários à educação do futuro. 2ed,. São Paulo: Cortez, 2000.

________ . Saberes globais e saberes locais: o olhar transdisciplinar. Rio de Janeiro, 2000.

NARLOCH,RogérioFrancisco.Redescobrindoouniversoreligioso.v5.Petrópolis:Vozes,2001.

NAUROSKI,Everson Araújo. Redescobrindo o universo religioso.v7Petrópolis:Vozes,2001.

ROMANIO,Adilson Miguel. Redescobrindo o universo religioso.v6.Petrópolis:Vozes,2001.

SANTA CATARINA, Secretaria de Estado da Educação e do Desporto. Proposta Curricular de Santa Catarina: Ensino Fundamental: Disciplinas curriculares. Florianópolis: COGEN, 1998.

UNIVERSIDADE DO CONTESTADO. Curso de Ciência da Religião, Proposta de conteúdos para o ensino religioso na educação infantil e fundamental. Curitibanos: 1999.

0 comentários:

Postar um comentário